Assentados Com Cristo

João Barreto Jr.

“Nosso Sumo Sacerdote, porém, ofereceu a si mesmo como único sacrifício pelos pecados, válido para sempre. Então, assentou-se no lugar de honra à direita de Deus e ali aguarda até que todos os seus inimigos sejam humilhados e postos debaixo de seus pés. Porque, mediante essa única oferta, ele tornou perfeitos para sempre os que estão sendo santificados” - Hebreus 10:12 a 14.


Na antiga aliança, o sacerdote permanecia em pé, oferecendo, diariamente, o mesmo sacrifício repetidamente sem nunca conseguir concluí-lo. Esses sacrifícios tinham uma eficácia limitada, pois não removiam os pecados, apenas os encobriam.


Quando Jesus sentou-se à direita do Pai ele estava demonstrando que a obra estava consumada de uma vez por todas. Nada ficou por fazer.


“Mas Deus é tão rico em misericórdia e nos amou tanto que, embora estivéssemos mortos por causa de nossos pecados, ele nos deu vida juntamente com Cristo. É pela graça que vocês são salvos! Pois ele nos ressuscitou com Cristo e nos fez sentar com ele nos domínios celestiais, porque agora estamos em Cristo Jesus” - Efésios 2:4 a 6.

Você não depende de seu esforço para ser abençoado por Deus, você está assentado com Cristo, você não está mais em uma posição de fazer sacrifícios, mas de governar juntamente com Cristo. O Filho de Deus manifestou-se para desfazer as obras do diabo.


Em Cristo governamos sobre o pecado, as enfermidades emocionais e físicas, sobre a miséria, sobre a corrupção, sobre o desamor, sobre a falta de perdão, isto é, sobre tudo aquilo que não diz respeito à vida do Reino de Deus.


Perdemos muito tempo tentando agradar a Deus sacrificando a Ele, com nossas obras, um sacrifício que Ele não aceita mais.

O que caracterizava os sacrifícios feitos pelos sacerdotes (eram mais de trezentos), na antiga aliança, era que era feito para encobrir o pecado e deixar a pessoa quite com Deus pelo período de um ano.


Quando você faz algo, chora, se lamenta, se acha a mais miserável das pessoas, por causa de um pecado cometido e tenta fazer algo para agradar a Deus por causa disso, tentando encobrir o teu pecado para que Deus não o castigue, você está se levantando do Trono da Graça e se colocando novamente debaixo da lei


Mas o Salmo 51:17 diz que "Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus".

Vejamos:


1. O termo sacrifício aqui não tem a mesma conotação que os sacrifícios de animais, está se referindo a uma postura mediante uma mudança interior. Paulo utiliza desse mesmo recurso de narrativa para expressar a mudança que Deus realizou no nosso interior. "Em Cristo vocês foram circuncidados, mas não por uma operação física, e sim espiritual, na qual foi removido o domínio de sua natureza humana" - Colossenses 2:1.


2. A palavra quebrantado, no hebraico, pode significar tanto extinguido como dar à luz, e a palavra contrito tem praticamente o mesmo sentido de quebrantado, porém enfatiza algo que foi destruído sem a ideia de refeito.


3. O que está sendo comunicado no Salmo 51 é a mudança de coração que o Senhor Deus declarou em Ezequiel 36: 26 e 27 - "Eu lhes darei um novo coração e colocarei em vocês um novo espírito. Removerei seu coração de pedra e lhes darei coração de carne. Porei dentro de vocês meu Espírito, para que sigam meus decretos e tenham o cuidado de obedecer a meus estatutos". Em outras palavras, na nova e superior aliança do sangue de Cristo, chamamos isso de novo nascimento.


Concluindo


Deus não busca rituais, mas um coração quebrantado, que entende a eficácia daquilo que Ele já fez em nós através do seu Filho Jesus Cristo.


49 visualizações5 comentários

Posts recentes

Ver tudo