Noiva Apaixonada

João Barreto Jr.


"Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir." Mateus 25:13


Sabemos que se quisermos atingir um determinado alvo, sem corrermos o risco de não correspondermos às exigências necessárias para que esse alvo seja alcançado, não poderemos ignorar o fato de que para tudo deve haver um preparo.


A Bíblia nos compara com uma noiva a espera do seu noivo, isto é, haverá um dia em que Jesus, o noivo, virá buscar sua noiva, a Igreja, e precisamos estar preparados para esse dia.


Precisamos estar apaixonados por Jesus, pois qual noivo casaria com uma noiva que não o ama e qual noiva, que amando verdadeiramente o seu noivo, não se prepararia para recebê-lo?


Você está preparado para se encontrar com Jesus, para as bodas do Cordeiro?


Comentários
  • Sélia de Oliveira Barreto - Todo cuidado é pouco, esse é um assunto com o qual não devemos brincar, pois fala do nosso destino final. - 24/03/2019 - 13:54


  • Elenyse - Sei que Cristo virá buscar sua igreja, mas não entendo sobre isso pois existem muitas idéias diferentes sobre o assunto que me confundem. Qual a sequência dos fatos? - 26/03/2019 - 16:10

  • João Barreto Jr. - Olá Elenyse, realmente a escatologia é um assunto muito complexo. Estarei passando um resumo dos acontecimentos. Tudo começa com o arrebatamento da Igreja. Esse evento não será visível, apenas os mortos que ressuscitarão e os que forem achados digno se encontrarão com Cristo nas nuvens e passarão a habitar no céu (1 Tessalonicenses 4:16 e 17) . Quando isso vai acontecer ninguém sabe (Marcos 13:32). O Senhor voltará exclusivamente para buscar os seus, a igreja gloriosa, nos céus, e será invisível ao mundo. (João 14:3 / João 17:9;24 / Mateus 22:2;11-13 / 1 Pedro 4:18 / 2 Pedro 2:5). É necessário que antes do arrebatamento, venha a apostasia e a revelação do homem da iniquidade, o filho da perdição, o anticristo. Não é ainda o reinado do anticristo, mas o surgimento de uma figura proeminente no âmbito mundial. Quando esta pessoa se destacar de uma forma muito clara, a Igreja será arrebatada se estabelecendo um caos mundial, então essa pessoa proeminente assumirá uma liderança mundial (2 Tessalonicenses 2:3). Nos três anos e meio após o arrebatamento ele se fará amigo de todos, pós esse período ele se relevará como realmente é e perseguirá os cristãos de uma forma nunca vista. Esse período é chamado de a Grande Tribulação e durará três anos e meio. No final desses três anos e meio o anticristo marchará contra Israel para a destruir, mas Cristo volta à terra com a Igreja que foi arrebatada (esse evento é visível a todos) e derrota o anticristo e seu exército. O anticristo é lançado no lago de fogo e o diabo é aprisionado. Após isso inicia o Milênio (período de mil anos) onde Cristo governa, juntamente com a Igreja, tendo como centro do seu governo Jerusalém. Será um período de paz e harmonia, porém passados os mil anos satanás é solto e consegue levantar um grande exército para marchar contra o Governo de Cristo. O seu exército é desintegrado e ele é lançado no lago de fogo. - 27/03/2019 - 08:31


  • Elenyse - Então conforme o que você escreveu vai haver a tribulação, mas a igreja não vai passar por ela? - 27/03/2019 - 20:20

  • João Barreto Jr. - Bom dia Elenyse. O arrebatamento ocorrerá antes da grande tribulação. Logo após o arrebatamento, então, será derramado sobre a terra a ira de Deus. Deus não permitirá que seu povo passe pela ira que se abaterá naqueles dias. 1 Tessalonicenses 5.9 – “porque Deus não nos destinou para a ira, mas para alcançar a salvação mediante nosso Senhor Jesus Cristo”. Não há dúvida de que esse período testemunhará o derramamento da ira divina por toda a terra. Apocalipse 3.10 – "Porque guardaste a palavra da minha perseverança, também eu te guardarei da hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para experimentar os que habitam sobre a terra". A palavra "habitam" usada aqui traduz a idéia de permanência. Dessa maneira, o julgamento referido em Apocalipse 3.10 se refere a todos aqueles que se estabeleceram neste mundo como se fosse sua verdadeira casa, aos que se identificaram com os padrões deste mundo, e consequentemente passam a agir segundo esses padrões. Outra expressão em Apocalipse 3.10 é: "Eu te guardarei da hora da provação". Guardarei aqui tem o sentido de "fazer com que alguém fique em segurança escapando para fora de". João não está prometendo a preservação durante o teste, mas a isenção da própria hora em que essas provações chegarem aos que habitam a terra. 1 Tessalonicenses 1:10 – “E esperar dos céus o seu Filho, a quem ressuscitou dentre os mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira futura”. Isso não pode significar proteção nela; isso deve significar isenção dela. Paulo indica claramente que nossa expectativa não é a ira, mas a revelação do "Seu Filho dos céus". Isso não poderia acontecer, a menos que o Filho fosse revelado antes de a ira da grande tribulação ser derramada na terra. Tudo isso nos mostra de forma clara e absoluta que a igreja não passara pela grande tribulação, antes, porém será arrebatada sendo assim liberta dessa grande ira que abaterá a terra. - 28/03/2019 - 08:27


  • Sérgio Luiz da Cunha - Baseado em que você afirma que o arrebatamento e a segunda volta de Cristo são dois fatos diferentes? - 28/03/2019 - 14:17

  • João Barreto Jr. - Olá Sérgio, não devemos confundir o arrebatamento com a vinda visível do Senhor. A vinda visível será para todo o mundo, todo o olho verá a manifestação da sua gloriosa aparição, Ele virá com sua igreja que fora arrebatada antes. Note as diferenças entre os dois: 1 - O arrebatamento compreende a retirada dos crentes, enquanto o segundo advento requer o aparecimento e a manifestação do Filho. 2 - No arrebatamento os santos são levados nos ares, enquanto na segunda vinda Cristo volta à terra. 3 - No arrebatamento Cristo vem buscar Sua noiva, enquanto na segunda vinda Ele retorna com a noiva. 4 - O arrebatamento resulta na retirada da igreja e na instauração da grande tribulação, enquanto a segunda vinda resulta no estabelecimento do reino milenar. 5 - O arrebatamento traz uma mensagem de conforto, enquanto a segunda vinda é acompanhada por uma mensagem de julgamento. 6 - O arrebatamento deixa a criação intacta, enquanto a segunda vinda implica uma mudança na criação. 7 - O arrebatamento ocorrerá antes do dia da ira, enquanto a segunda vinda após a tribulação daqueles dias. 8 - O arrebatamento é apenas para os crentes fiéis, enquanto a segunda vinda tem efeito sobre todos os homens. - 28/03/2019 - 14:27


  • João Barreto Jr. - Para conhecer o perfil dos crentes que ficarão no Arrebatamento, leia os três primeiros capítulos de Apocalipse. - 28/03/2019 - 14:54


#noiva #cordeiro #bodas #BodasDoCordeiro #VoltaDeCristo #preparo

98 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo