O Amor de Deus

João Barreto Jr.

João 3:16 - Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.


O texto fala que Deus amou o mundo, isto é, todas as pessoas. Isto significa que todos, desde Adão, o primeiro ser humano, até o último que venha a nascer é alvo do amor de Deus.


Temos neste verso uma declaração do amor de Deus por cada pessoa, não importando sua condição intelectual, social, religiosa, racial, moral; enfim, o amor de Deus transcende a todas essas situações, pelo fato desse amor não necessitar de situação alguma para manifestar-se, simplesmente ele se manifesta a todos indistintamente. O amor de Deus não é um sentimento, sentimentos vem e vão, mas o amor de Deus permanece para sempre.


Você é alvo do amor de Deus.

Deus já provou o seu amor -> Rm 5:5 a 8 - E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado. Porque Cristo, estando nós ainda fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios. Porque apenas alguém morrerá por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém ouse morrer. Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.


Deus tomou a iniciativa revelando-se ao homem -> Lc 19:10 - Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.

Cabe ao homem responder a esse amor aproximando-se do seu doador através de seu Filho -> Jo 6:37 - Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora. / Joâo 14:6 - Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. / Atos 4:12 - E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.


Mt 25:34 e 41 - Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo... Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos.


Antes de analisarmos o texto vejamos as seguintes considerações:


1. Não é da vontade de Deus que alguém se perca -> I Tm 2:3,4 - Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. / Tt 2:11 - Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens.


2. Deus não predestina ninguém para a perdição -> At 10:34 - E, abrindo Pedro a boca, disse: Reconheço por verdade que Deus não faz acepção de pessoas; / Rm 2:11 - Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas.


3. Cristo morreu pelo pecado do mundo inteiro -> Jo 1:29 - No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. / I Jo 2:2 - E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo.


A salvação não é restrita, ou seja, disponibilizada para determinado grupo de pessoas, ela é global.

O texto de Mateus 25 faz as seguintes declarações:


1. O Reino está preparado desde a fundação do mundo para o homem, para participar é só dar ouvidos à voz de Deus -> Is 55:3 -Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá; porque convosco farei uma aliança perpétua, dando-vos as firmes beneficências de Davi. / Jo 5:24 - Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.


2. O fogo eterno foi preparado para o diabo e seus anjos, o homem participará do mesmo destino se recusar ouvir a voz de Deus -> Dt 11:26 a 28 - Eis que hoje eu ponho diante de vós a bênção e a maldição; a bênção, quando cumprirdes os mandamentos do SENHOR vosso Deus, que hoje vos mando; porém a maldição, se não cumprirdes os mandamentos do SENHOR vosso Deus, e vos desviardes do caminho que hoje vos ordeno, para seguirdes outros deuses que não conhecestes.

Essa decisão é de responsabilidade humana.

Concluindo


Deus não nos criou para sermos alvos da sua ira -> I Ts 5:9 - Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para a aquisição da salvação, por nosso Senhor Jesus Cristo.


Deus não nos obriga a adorá-lo, somente nos atrai com seu amor -> Jr 31:3 - Há muito que o SENHOR me apareceu, dizendo: Porquanto com amor eterno te amei, por isso com benignidade te atraí.

82 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo